Sobre meus contos

Pessoal o banner acima está desatualizado, nas tag's à esquerda vocês encontrão todos os meus contos, ou se quiserem podem clicar aqui

sexta-feira, 15 de março de 2013

Ícaro e o Balão

Um arco-íris quase circular passeava. Em cores e chamas, o balão era uma linda imagem contracenando com o belo azul do céu. Ícaro, filho de Dédalo, foi torturado com tal visão e com a ajuda de algum herói, driblou Cérbero, viajando ao mundo dos vivos para realizar seu grande sonho. Sorria ao ver as pessoas pequenas lá embaixo. Gritava perguntas à Esfinge; gargalhava como nunca. Foi quando Tânato, no furor de sua ira, voou em sua direção arrancando-o lá de cima e arrastando-o novamente para os Campos de Elísios. Sentiu a mesma terrível sensação de quando Egeu o engoliu. E, novamente despencava de sua felicidade. Ícaro, implorou de todas as formas, mas não foi-lhe permitido ao menos ir ver a chegada de seus irmãos, homens-pássaros, que agora atravessavam o Aqueronte.

Miniconto inspirado na notícia: Queda de balão no Egito mata 18 turistas estrangeiros.

Miniconto com 104 palavras

0 comentários:

Diga o que passa em sua mente...